sexta-feira, 25 de março de 2011

Dossiê Porto do Carro

A Faixa de Gazah onde cresci

Fui morar no bairro Porto do Carro aos dois anos de idade. A família por parte de minha mãe, os "PORTO", é tradicional do bairro e por isso viemos morar nesse pequeno lugar populoso de São Pedro da Aldeia (SPA). Espremido entre dois municípios e a Lagoa de Araruama, o bairro teve uma grande atividade salineira até o final da década de 80. Era um bairro pacato e servia como dormitório para trabalhadores de Cabo Frio.

UMA FAIXA DE GENTE ESQUECIDA ENTRE DOIS MUNICÍPIOS

Porto do Carro é um bairro situado entre dois municípios da Região dos Lagos, a saber São Pedro da Aldeia e Cabo Frio. A maioria da atividade econômica, política e social está voltada para Cabo Frio pela proximidade com o município cabofriense. O bairro está a cerca de 3km até o centro de Cabo Frio e a 9km do centro de SPA. O itinerário do transporte público privatizado favorece essa influencia cabofriense uma vez que ônibus até Cabo Frio passam de 15 em 15 minutos (municipais e intermunicipais) e para SPA de 1 em 1 hora.





QUEDA DE BRAÇO

O bairro tem uma média de 2mil habitantes que, em sua maioria, transferiu o título eleitoral para o município de Cabo Frio em manobras políticas de candidatos cabofrienses e até, acreditem, vereadores aldeenses em busca de apoio político na cidade visinha.

Por este motivo, os moradores e a prefeitura travam por décadas uma "queda de braço" por causa do título de eleitor que gera inúmeras consequências para a população. De um lado a maioria dos moradores que vota em Cabo Frio e do outro a prefeitura que não se importa com o local por ter pouco voto no município.

AS CONSEQUÊNCIAS

A maioria das ruas continuam como nos dias dos meus avós. Sem calçamento ou até mesmo saneamento básico. Na estrada do Alecrim que dá assesso ao lixão da Região dos Lagos (construindo de maneira irregular pelo ex-prefeito Paulo Lobo) é constante o alagamento das ruas por causa de um sistema de canalização de águas pluviais feitos de maneira irresponsável.

Moradores reclamam que o ex-prefeito afundou o Bairro ainda mais com a duplicação da estrada que ligaria a Estrada dos Passageiros com a RJ 140. A reclamação se dá pelo fato do prefeito ter construido a estrada por fora da rua principal do bairro, aniquilando a atividade econômica do comércio local com a redução drástica da passagem de carros. Um fato no mínimo curioso aconteceu durante a reeleição de Paulo Lobo à prefeitura de São Pedro da Aldeia. Vários moradores, com o apoio de um vereador que também morava na rua ,contam que exigiram do prefeito o asfaltamento ou calçamento da rua Agenor Medeiros Carvalhaes. O então prefeito, com medo de perder votos valiosos para sua reeleição, colocou três montes de paralelepípedos sinalizando o calçamento da rua. Passadas as eleições, inexplicavelmente o prefeito reeleito recolheu os paralelos e a rua continua do mesmo jeito, para a revolta dos moradores do local. Até hoje não houve sequer uma nota oficial para o ocorrido.

O FRUTO DO DESCASO

Falta iluminação pública adequada em vários locais. Não há policiamento hostensivo. A criminalidade é a maior de todos os tempos. A tráfico de drogas, além de atuar livremente no local, já arregimenta soldados entre os jovens. O bairro já está sendo chamado nas redondezas como Cracolândia pela enormidade do consumo da droga pelas ruas. Menores de idade se prostituem em troca da droga. Em todo surto de dengue, os moradores sofrem devido as enormes piscinas formadas pelos quadros da salina abandonada. Salineiros que mantêm até alguma atividade nas salinas para não perderem as áreas e venderem para construção de condomínios...(continua)

6 comentários:

  1. Logo vi que era mto barato a casa anunciada do teu barrio..Pensava comprar...Como não conhecia o barrio,resolvi pesquisar na internet e vim parar no teu blog...Muito boa asua denúncia, teu esforço de mostrar filmando andando; mostrando todos os detalhes do descasso político,a cidade abandonada...é uma pena é lamentável...Sinto muito mesmo...Tomara que alguem que tenha como resolver, se sensibilize e ajude vocês.Mas eu tbém iria/mandaria este vídeopara alguma emissora de tv..Não pare, continue,insista.Não desista de querer melhorar,mas que isso. é mérito de todos vcs que moram aí..Corra atrás incansavelmente..Tenho certeza q chegará a pessoa certa..Torço por vcs..
    Beijinhos e sorte

    Ps:Pela data q foi publicado,espero q tenha dito sucesso...Se não, continue, não desista..Bjins

    ResponderExcluir
  2. Olá, muito bom seu post.

    Fiquei 15 anos longe daqui e quando voltei eu vi exatamente a situação que vc retratou. Bom saber que alguém se importa com o bairro, pois parece que a população daqui não dá a mínima. O total abandono do bairro pelo poder público (que é muito eficiente para cobrar o IPTU) já seria motivo para fechar ruas, protesto em frente a prefeitura, etc. Mas parece que ninguém se mobiliza.

    Pergunta: ainda mora em Porto do Carro? (se não, parabéns! rs)

    ResponderExcluir
  3. ótimo depoimento.....precisamos mais de pessoas como vc, consciente e solidária!

    ResponderExcluir
  4. ótimo depoimento.....precisamos mais de pessoas como vc, consciente e solidária!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo seu depoimento, estou procurando casa na região dos lagos e gosto e sempre de obter informações sobre os locais. Precisamos de pessoas assim como vc. Mas uma vez parabéns

    ResponderExcluir
  6. Bom dia; E atualmente, como se encontra Porto do carro? Pois surgiu uma casa pra alugar neste bairro.Obrigado!

    ResponderExcluir

Postagens populares